SÓ PARA PESSOAS FENOMENAIS!

Tem sempre presente que a pele se enruga, o cabelo embranquece, os dias convertem-se em anos…
Mas o que é importante não muda;
a tua força e convicção não têm idade.
O teu espirito é como qualquer teia de aranha.
Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.
Atrás de cada conquista, vem um novo desafio.
Enquanto estiveres vivo, sente-te vivo.
Se sentes saudades do que fazias, volta a fazê-lo.
Não vivas de fotografias amarelecidas…
Continua, quando todos esperam que desistas.
Não deixes que enferruje o ferro que existe em ti.
Faz com que em vez de pena, te tenham respeito.
Quando não consigas correr através dos anos, trota.
Quando não consigas trotar, caminha.
Quando não consigas caminhar, usa uma bengala.
Mas nunca te detenhas!!!

Madre Teresa de Calcutá

Anúncios

Por Paulo Coelho – As Mulheres na visão de um Homem

As mulheres pela visão de um homem…Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher. Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção. Não temos a menor idéia de qual seja seu manequim. Nossa avaliação se dá de outra forma, isso quer dizer: se tem forma de guitarra… está bem.

Não nos importa quanto medem em centímetros – é uma questão de proporções, não de medidas. As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas, carnudas… Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fração de segundo. As magrinhas que desfilam nas passarelas, seguem a tendência desenhada por estilistas que, diga-se de passagem, parecem odiar as mulheres e com elas competem. Suas modas são retas e sem formas.

A maquiagem foi inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de cara lavada, basta a nossa. As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas… Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: nós gostamos assim. Ocultar essas formas é como ter o melhor sofá embalado no sótão.

É essa a lei da natureza… que todo aquele que se casa com uma modelo magra, anoréxica, bulêmica e nervosa logo procura uma amante cheinha, simpática, tranqüila e cheia de saúde.1932373_466876976746204_1057430948_n

As jovens são lindas… mas as de 40 para cima, são verdadeiros pratos fortes. Por tantas delas somos capazes de atravessar o atlântico a nado. O corpo muda… cresce. Não da de entrar, sem ficar psicótica, no mesmo vestido que usava aos 18. Uma mulher de 45, que entra na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se auto-destruindo.

Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua tendência a culpas. Ou seja, aquela que, quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em setembro, não antes); quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (não se saboteia e não sofre); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que gosta, compra; quando tem que economizar, economiza.

Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza. São testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos em formol, nem em spa… Viveram!

O corpo da mulher é o sagrado recinto da gestação de toda a humanidade, onde foi alimentada, ninada e, sem querer, marcada por estrias, cesárias e demais coisas que fizeram parte do processo que contribuiu para que estivéssemos vivos.

Portanto, Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se! A beleza é tudo isto.

Paulo Coelho

Viver com qualidade de vida

Tenho estado a ver aos bocadinhos, pois não tenho tido tempo para me sentar e ver um filme do principio ao fim, mas este filme “um pedacinho de Paraiso

” fala sobre uma rapariga que tem medo de se entregar ao amor, e tem um cancro bla bla bla… não vos vou contar o filme todo.

E dou por mim a pensar, se me acontecer ter uma doença mortal, se soubesse que ia morrer, se me tratava e tentava os impossíveis e vivia o resto da minha vida, agarrada a drogas e/ou a uma cama de hospital!!

E Digo, não, não o faria!

Preferia levar até ao ultimo minuto da minha vida sã, da melhor maneira!!!

Há doenças fatais que nos tiram a vida mesmo não morrendo!!!
Na minha maneira de ver a vida, enquanto formos sãos, com saúde e sem dar trabalho a ninguém, quero cá estar, a partir do momento em que seja um fardo para alguém, viver agarrada a uma cama, sem poder falar ou escrever, ou de alguma maneira de me comunicar com quem me rodeia, já não quero viver mais!!

Que me interessa viver até aos 100 anos, sem saúde estável, e não reconhecer o meu filho ou os meus futuros netos ( espero que seja para bem mais tarde a vinda deles, pois o meu filho ainda é muito novo )

Não, não quero viver na “podridão” da “não vida”!!!

Se calhar choco algumas pessoas, mas cada um tem a sua visão! E esta é a minha… se viver até aos 80 com saúde, já me dou por feliz, até porque depois disso, a qualidade de vida ou melhor o que os filhos nos deixam fazer, ou o que conseguimos fazer é muito pouco!!

Por isso já resolvi, até aos 80, meu querido Deus, com saúde, depois disso, posso ir para o pé de ti sossegadinha sem apanhar mais cócós de cão!!! Que vai ser a minha profissão até morrer, ter os meus cães sempre comigo!

Venha o que viver, filho, marido, amigos, família, eles (os meus cães)estarão sempre comigo!! Para o bem e para o mal, na saúde e na doença!!

Mas vejam o filme, dá nos muito que pensar, cada um com a sua ideia claro, mas vale a pena!!!

Beijinhos

Politicos são como os namorados

Passou o 25 de Abril e nem dei por ele!!

Percebo que para muitas pessoas foi uma grande conquista, pois não se podia fazer ou dizer quase nada!!!

As mulheres nem podiam sair do país sem autorização do marido! Ainda bem que não foi no “meu tempo”… bom, nasci em 1974 mas depois da revolução!

Mas mesmo assim, ter de pedir para sair, não poder dizer o que quero, ou o que penso, era praticamente “escravidão”!

Acho que devíamos fazer outra revolução, mas não era preciso guerras, mortes, bla bla bla, mas sim uma revolução inteligente!

Ganham sempre os mesmo, ou seja, mesmo que ganhassem os mais fraquinhos a tentação de se ser corrupto é imensa! Vão todos parar ao mesmo caminho!

A minha análise sobre os políticos, é como o principio de namoro!!!!

26439_385417811643_369662581643_4417845_2991505_n

No inicio é tudo muito bonito, as promessas de amor eterno, que vamos ser felizes para sempre, baixam o tampo da sanita, não dizem asneiras, chegam sempre a horas, e o mais giro de tudo, é que dizem o que “queremos” ouvir!!!!

Depois de nos conquistarem… já nem a porta do carro nos abrem!!!

(claro que estou a exagerar)Mas com uma certa graça, é quase igual, certo?

Eles até com o nosso voto ganham dinheiro! Enfim… se começar a falar, vou parecer uma “revolucionaria”, sou com todo o gosto, mas para todos os partidos e para todas as religiões!!

Mas para muitos, eu dizer que nem dei pelo 25 de abril de 2014, é como uma facada para muitas pessoas, do tempo dos meus pais!!

Respeito, mas não concordo!!

Não sou carne nem peixe, sou aquilo que acredito, mesmo que não encontre ninguém como eu!! Como dizia o outro, “estou cá para abanar o mundo e não para ser igual a toda a gente”!

Beijinhos

 

Foto Retirada do blog de: misturadevicios.blogspot.com

A solidão nos pensamentos

As vezes, revejo-me na solidão dos velhinhos.

Aquela solidão, em que já viveram muito e agora estão sozinhos.

Ou porque a família está longe, ou porque o melhor amigo já não está presente, ou simplesmente a vida já vai tão longa, que não resta ninguém para a acompanhar…

As vezes penso, como os velhinhos conseguem viver com a solidão?

Durante a vida toda construíram raízes, têm as suas casas, os seus quadros pendurados nas paredes, as fotografias emolduradas, têm tudo…

Mas no fim, mesmo no final, já não têm nada… porque já não resta ninguém para os acompanhar quando mais precisam… Os seus momentos.

Aqueles momentos, em que chamamos de recordações!

Aqueles momentos, que quando não tivermos mais ninguém, nos vão fazer companhia no pensamento, que nos vão fazer sorrir e dizer… “que bom foi tê-lo a meu lado. Quem bom…”

São nesses momentos em que penso, se terei também alguém… alguém de quem eu possa dizer… que bom foi tê-lo a meu lado…

images